Museu Histórico homenageia combatentes da FEB em noite de emoção e boa música

Mostra reúne peças cedidas por familiares dos pracinhas pará-minenses

Emoção e alegria tomaram conta do Museu Histórico na noite dessa quinta-feira, 11 de abril, na abertura da Exposição Pracinhas de Pará de Minas – a jornada de nossos heróis na Segunda Guerra Mundial e na 54ª edição do projeto Quinta no Museu, que apresentou show de Humberto Martins, com sucessos da MPB, sob o apoio da Base Empreendimentos. Iniciado com a participação de Glória Maria Almeida, filha do pracinha Waldemar Domingos de Almeida, que interpretou o Hino Nacional, acompanhada pelo violonista Tito, o evento contou com a atuação da Banda de Música Lira Santa Cecília, que executou o Hino de Pará de Minas e A Canção dos Expedicionários.

A mostra foi aberta pelo Secretário Municipal de Cultura e Comunicação Institucional, Paulo Duarte, representando o Prefeito Elias Diniz, pela Gerente do Museu Histórico, Ana Maria Campos, pelo vereador Toninho Gladstone e familiares de todos os combatentes pará-minenses, que cederam as peças expostas na mostra. “É uma honra inaugurarmos essa exposição. A homenagem aos pracinhas pará-minenses e suas histórias nos motivam a trabalhar para fazer do Brasil um lugar melhor. Eles são exemplos para todos nós”, destacou Paulo Duarte. Para Ana Maria Campos, ao manter viva a lembranças dos combatentes que integraram a Força Expedicionária Brasileira, “a Prefeitura rememora o heroísmo, a bravura e a coragem daqueles que defenderam o Brasil e os países aliados contra o nazifacismo”.

Nanci Maria Teixeira Ferreira, filha do pracinha João Gualberto Teixeira, estava emocionada na abertura da exposição. “Estou maravilhada e agradecida pela iniciativa da Prefeitura. Os ex-combatentes estavam esquecidos. Eles ergueram uma bandeira muito nobre e devem ser lembrados sempre”, disse. “A noite é de saudade e orgulho por saber que nosso pai fez parte da história de nosso país. Em nome de toda a família, agradeço o Município, por meio da Secretaria de Cultura e Comunicação Institucional, por reconhecer tudo o que os ex-combatentes fizeram em busca da paz mundial”, disse Neide Maria de Almeida, filha de Waldemar Domingos de Almeida. “Temos que reconhecer o espírito guerreiro de nosso pai que, mesmo em meio aos horrores da guerra, levava a música aos seus companheiros. Uma foto na exposição mostra isso. Ele nos ensinou a lição de extrair dos maiores desafios a força para seguirmos sempre em frente. Ser filha do Senhor Waldemar me dá o empoderamento de saber que podemos contribuir para um Município melhor, para um Estado melhor, para um País melhor”, finalizou.

Na mostra, estão expostas peças de todos os combatentes de Pará de Minas: Assis Alves Ferreira, Cleto Afonso Ribeiro, Edward Basílio Ferreira, Emílio Lúcio, Francisco Sebastião, João Batista Claudino, João Gualberto Teixeira, Joaquim Pinto, José Ferreira M. Filho, José Nunes Nogueira, Lourival Alves de Sousa, Mário José de Oliveira, Mário Marques Ferreira, Messias Lara, Olvimar Rodrigues, Pedro Evangelista dos Santos, Raimundo Alves Diniz, Raimundo de Araújo, Rouvier Mendes, Salvador Duenhas, Waldemar Domingos de Almeida, Wandick Rezende e Zózimo Duarte Mendonça.

A Exposição Pracinhas de Pará de Minas – a jornada de nossos heróis na Segunda Guerra Mundial poderá ser visitada até o dia 14 de julho, de terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos domingos, das 9 horas ao meio-dia, na Rua Manoel Batista, 51 – Centro.

Veja as fotos



Fonte: http://parademinas.mg.gov.br/museu-historico-homenageia-combatentes-da-feb-em-noite-de-emocao-e-boa-musica/

 

 

Postado em 15.04.2019.