Quinta no Museu

Quinta-feira é o novo dia da promoção do Muspam. A Área de Atividades Complementares, onde acontece a programação, passou por reformas de melhoria ficando mais adequada aos eventos.

O Projeto Quinta no Museu, denominado Quarta no Museu até a 10ª edição, foi concebido para oportunizar a apresentação de todas as linguagens artísticas e culturais na Área de Atividades Complementares do Museu Histórico. Desta forma, o Museu concilia o seu horário noturno com uma manifestação de arte e inteligência em suas dependências, atraindo novos públicos e abrindo mensalmente mais uma opção de cultura, arte e entretenimento para a comunidade. No ano de 2015 o projeto recebeu o apoio do Sitrasesp - Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Pará de Minas; de março a julho de 2016 o apoio foi da empresa Eletrofaria; em agosto foi dos Postos Paraense; em setembro foi de um particular. A partir de outubro/2016 a promoção foi temporariamente suspensa devido às dificuldades da economia do país, inviabilizando o patrocínio. Em 2017 a Base Empreendimentos, comemorando os 20 anos de fundação da empresa imobiliária, apoiou o Quinta no Museu.


A 33ª edição, dia 18 de maio, 20 horas, aconteceu com as Guardas de Congo de Pará de Minas: Guarda de Congo Sagrada Família de N. S.ª do Rosário, Guarda de Congo Marinheiro Nossa Senhora do Rosário de Santo Antônio do Paiol, Irmandade de Nossa S.ª do Rosário – Os Nonatos, Guarda de Congo de N. S.ª do  Rosário Marinheiro de Santa Clara, e a Guarda de Congo Mirim de Santa Efigênia e São Benedito. Este Quinta no Museu recebeu a 11ª edição do Guardas no Museu. Apoio: Base Empreendimentos. A programação foi inserida na 15ª Semana de Museus, promovida pelo Ibram/MinC ( 15 a 21 de maio de 2017).

Veja as fotos 

Mais fotos aqui

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 32ª edição, dia 20 de abril, 20 horas, aconteceu o show de Patrícia Pimenta, João Rachid, Airton de Igaratinga e Urbano Medeiros, com o apoio da Base Empreendimentos.

Veja mais notícias e fotos.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 31ª edição, dia 16 de março de 2017, 20 horas, foi o show foi de Moisés Mendes e Adilson com repertório de MPB e Internacional dos anos 60,70, 80 e 90. Deixaram aquele gostinho de quero mais... A Base Empreendimentos é a apoiadora da promoção.

Veja mais notícias e as fotos.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 30ª edição, dia 23 de  fevereiro de 2017, foi com o Grupo Circuito, que alegrou a noite de estreia da primeira edição do ano do projeto com o repertório de sambas, chorinhos e marchinhas de carnaval. O apoio foi da Base Empreendimentos.

Veja mais notícias e as fotos.
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 29ª edição, dia 22 de setembro de 2016, o show foi de Armando Scarpelli, o Zé da viola. Filho de Wilsinho da Floresta, herdou o talento do pai, assim como os irmãos, o também Wilsinho e o Emanuel. O show foi inserido na 10ª Primavera de Museus, promoção do Ibram - Instituto Brasileiro de Museus.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 28ª edição, dia 11 de agosto de 2016, apresentou o show musical de Fábio Meller (viola, violão e voz) acompanhado do sanfoneiro João Rachid. Houve a participação especial de Maria do Carmo Matoso declamando o poema "Solidariedade". O apoio foi dos Postos Paraense.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 27ª edição, dia 21 de julho de 2016, apresentou o show musical do Two Black: Isabel Mendes e Rodrigo Maciel com repertório pop internacional e MPB. A dupla levou dois convidados: o violonista Paulo César e a estudante de canto Lara Beatriz Campos. Apoio: Eletrofaria.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 26ªedição, dia 23 de junho de 2016, apresentou Markos Moura e Itamar Sanfoneiro. Voz, violão, viola e sanfona alegrando a noite fria de inverno. Antecedendo o show musical houve a apresentação da História de Pará de Minas pelos alunos da professora Ana Paula da Silva, 4º ano do Ensino Fundamental da Escola Anglo. Apoio: Eletrofaria.

___________________________________________________________________________________________________________________________

A 25ª edição, dia 19 de maio de 2016, apresentou o Grupo Reverso, composto pelos atores Carmélia Cândida, José Roberto Pereira, Marcilene Tavares e Wilsinho da Floresta com o espetáculo "Histórias em torno do fogo", contos da tradição oral mesclados com música. A apresentação integrou a programação da 14ª Semana Nacional de Museus, promovida pelo Instituto Nacional de Museus - Ibram/MinC. Os apoiadores foram a empresa Eletrofaria e Petrônio Matoso.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

 A 24ª edição, dia 14 de abril de 2016, apresentou Wilsinho Scarpelli cantando o melhor da música sertaneja. A Eletrofaria é a apoiadora do projeto musical.

 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 23ª edição, dia 17 de março de 2016, apresentou o grupo Chegar Poético com o espetáculo "Flor de Maracujá". Realização: Espaço Cultural Iluminartt. O grupo Chegar Poético apresentou no espetáculo uma das histórias mais lindas que já se ouviu: a história de Jesus. Música, teatro, poesia e muita emoção foram o fio condutor da sensível história. Texto e direção: Isabel Faria. A Eletrofaria, localizada na Rua Raquel Ferreira - 609, tel. (37)3232.3222, foi a apoiadora do projeto.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 22ª edição, dia 18 de fevereiro de 2016, apresentou um show de MPB com omusicista e cantor Gê, integrante da Banda Os Mísseis. Novamente o projeto recebeu o apoio do Sitrasesp - Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Pará de Minas.


 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 21ª edição, dia 17 de dezembro de 2015, apresentou o Quarteto Refinado encerrando o projeto no ano de 2015. Talita Guaraciaba, Maria Inês Marinho, Gorete Chaves e Izabel Araújo cantaram o Brasil com a participação especial de Luciane Antunes, professora da Escola Municipal de Música Geraldo Martins – Geraldinho do Cavaquinho, no violão, e Anderson Luís na percussão. Em fevereiro de 2016, dia 18, estaremos de volta.

 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 20ª edição, dia 26 de novembro de 2015, apresentou Prelúdio de Natal com a Orquestra de Violões Anita Salles, regência de Júlio Saldanha, e participação especial do flautista Johnny Machado.  Ao término da apresentação, sons de um sino foram ouvidos levando os olhares atentos da plateia a procurá-los. Eles anunciavam a entrada do Papai Noel, que chegou desejando a todos um Feliz Natal e distribuindo balas, pirulitos e pipocas ao surpreso público da 20ª edição do Quinta no Museu.

Para a realização dessa noite, além do apoio imprescindível da Secretaria Municipal da Cultura, tivemos o apoio do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Pará de Minas – Sitraserp; o apoio da Maria Helena Mendonça, esposa do vereador Silésio Mendonça; de Mauro Andrade, Romana Campos e de Telma Bambirra.

 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
A 19ª edição, dia 22 de outubro de 2015, apresentou Waldemiro Guimarães e amigos. Waldemiro Guimarães, acompanhado dos amigos Urbano Medeiros, Airton de Igaratinga e Márcio Heleno Pereira, com maravilhosas músicas de seresta que apresentaram encantaram o público presente. Músicas de Lamartine Babo, Altemar Dutra, Francisco Petrônio, foram cantadas por Waldemiro, tendo o público acompanhado cantarolando-as também na maior felicidade. A apresentação impecável dos qualificados músicos arrancaram pedidos de bis! E a música Carinhoso, de Pixinguinha, foi lindamente interpretada por Waldemiro e amigos. E mais... atendendo também à solicitação do público, Waldemiro Guimarães brindou-nos com a Ave Maria, de Gounod, momento muito especial de fé, por ter ele dedicado a interpretação com um pedido a Deus para fazer cair a chuva sobre nós para amenizar a seca pela qual estamos passando. Noite maravilhosa, que novamente teve o apoio do Sitrasesp - Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Pará de Minas.

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Na 18ª edição, dia 24 de setembro de 2015, os 156 anos de emancipação político-administrativo de Pará de Minas foram comemorados com o Coral Bittencourt no concerto Parabéns, Pará de Minas! Músicas sacras, eruditas e popular de diferentes épocas foram apresentadas sob a regência do maestro Samuel Lopes. Participação especial da soprano Angelina Ribeiro, do tenor Waldemiro Guimarães e do violonista João Franco. Além do Sitraserp - Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Pará de Minas, apoiaram a promoção Rodrigo Junio Bolos Cenográficos e o Supermercado Panelão. 

 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 17ª edição, dia 17 de setembro de 2015, Ronaldo Cartacho com o personagem Dom Cartacho, defensor e observador das mulheres, comandou o espetáculo Ser mulher é simples assim... composto de música, dança, poesia, vídeo, teatro, folclore e muito humor. Momentos de cultura, lazer e homenagens às mulheres.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 A 16ª edição, dia 20 de agosto de 2015 apresentou o espetáculo Chegar Poético, com o Grupo de Teatro Iluminartt. Poesias de amor, causos, histórias do nosso povo e músicas contagiaram o público. O grupo trabalhou o folclore brasileiro, que foi contado e cantado pelos atores. Pirulitos de limão, balas de mel... uma noite recheada de recordações... A promoção contou com o patrocínio do Sitraserp – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Pará de Minas.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 15ª edição, dia 23 de julho de 2015 apresentou canções brasileiras interpretadas pela Família Rachid em show acústico. Sula (vocal), Helder (acordeon), Luciana (baixo e voz), Helinho (baterista) e Rafael (guitarrista) encantaram o público com o ritmo e a harmonia musical contagiante. Sula contou a historicidade de cada canção apresentada, transmitindo conhecimento e emoção ao interpretá-las, encantando o público. A promoção contou com o patrocínio do Sitraserp – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Pará de Minas.

______________________________________________________________________________________________________________

A 14ª edição, dia 25 de junho de 2015, apresentou sambas e chorinhos com o Grupo Circuito, formado por Maurício chaveiro e Dé de Souza (percussão), Antônio do Hermes (violão 7 cordas), João de Souza (cavaquinho) e Jaqueline dos Santos (voz). A promoção contou com o patrocínio do Sitraserp – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Pará de Minas.

 ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 13ª edição, dia 21 de maio de 2015, apresentou o sarau Poesia com cachaça no Museu, integrando a programação da Semana Nacional de Museus/Ibram-MinC. Poemas de grandes autores da poesia foram declamados pelos artistas convidados: Carmélia Cândida, José Roberto Pereira, Marcilene Tavares e Wilsinho da Floresta. O sarau poético foi regado a cachaça que, além de ser uma referência aos poetas boêmios do passado, é um importante elemento cultural genuinamente brasileiro. Houve livre participação do público, que pode dizer, ler ou declamar seu poema de preferência. Uma noite de encontro com o outro, com nossa cultura e com a poesia! O público foi recepcionado com degustação de cachaça, torresmos e mandioca. Após o encerramento da apresentação foram distribuidos brindes para o público, uma garrafinha de cachaça com o rótulo do evento, e um café café mineiro foi servido. A promoção contou com o patrocínio do Sitraserp – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Pará de Minas.

 _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 12ª edição, dia 23 de abril de 2015, apresentou a Seresta com as Irmãs Silva, acompanhadas pelos músicos Antônio Rachid (violão), Urbano Medeiros (sax e clarineta) e Airton de Igaratinga (teclado). A apresentação foi memorável! O público acompanhou cantarolando todas as músicas. Apoio: Sitraserp – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Pará de Minas. 


_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 11ª edição, dia 26 de março de 2015, foi a reestreia do projeto após as obras de melhoria na infraestrutura do Muspam. A Orquestra de Violões Anita Salles, regência de Júlio Saldanha, apresentou um repertório preparado especialmente para a ocasião: O toque feminino na MPB, músicas de Chiquinha Gonzaga, Dolores Duran, Marisa Monte, Paula Fernandes, Angela Rô Rô, Ana Terra e Rita Lee. Apoio: Sitraserp _ Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Pará de Minas.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 A 10ª edição, dia 1º de dezembro de 2010, apresentou o Coral Bittencourt no especial de Natal. As músicas foram criteriosamente selecionadas pelo maestro Samuel Lopes, agradando a todos. No local da apresentação foi montado um presépio com as peças de cerâmica do mestre Sica (Raimundo Nogueira de Faria) e os jardins receberam luzes. O espírito natalino esteve presente coroando a apresentação. 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 9ª edição, dia 17 de novembro de 2010, às 20h, foi com os seresteiros Jésus Aguiar (Pulga) e Alisson Mendes. A dupla encantou a plateia com o seleto repertório. As belas melodias antológicas reavivaram doces lembranças nas pessoas que foram prestigiar.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 8ª edição, dia 20 de outubro de 2010, às 20h, apresentou o melhor da seresta com os músicos João Franco, João de Souza e Adriana Araújo. O trio foi formado especialmente para esta apresentação que colocou o romantismo desse gênero musical em evidência. O sentimentalismo da seresta foi o destaque da noite no Museu Histórico, agradando o público presente que entusiasmado cantou acompanhando a cantora Adriana Araujo.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 7ª edição, dia 22 de setembro de 2010, às 20h, apresentou o Coral Nossa Senhora da Piedade cantando músicas que autores da terra fizeram para Pará de Minas. O repertório apresentado no mês do 151º aniversário do Município inspirou o nome da apresentação "Parabéns, Pará de Minas!" A promoção encerrou o 2º Circuito de Corais de Pará de Minas e o Festival Internacional de Corais que pela primeira vez aconteceu na cidade, promoção da Secretaria Municipal de Cultura. A noite Parabéns, Pará de Minas!, também integrou a programação da 4ª Primavera de Museus, promoção do Instituto Brasileiro de Museus - Ibram/MinC. Na oportunidade, Wanderlei Salmazo, editor proprietário do jornal Diário, fez a doação dos exemplares do jornal desde o exemplar Nº 00, para o Museu Histórico de Pará de Minas.                                              A noite Parabéns, Pará de Minas! teve o apoio cultural do Posto Paraense Ltda.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 6ª edição, dia 25 de agosto de 2010, às 20h, apresentou a Banda Casa da Mãe Joana, o mais novo grupo no cenário musical de Pará de Minas. 
Irreverente e divertida, misturando a arte musical com arte cênica, a banda mostrou uma proposta inovadora contagiando o público com o modo irreverente e bem humorado, além de vasto repertório que proporcionou uma viagem musical desde os anos 60 até à atualidade.  
Ao contrário da balbúrdia que o nome da banda induz, é organizada, muito bem estruturada e seus integrantes são gabaritados músicos. A expressão que dá nome a banda, "casa da mãe Joana", é muito antiga, sendo associada a local ou situação sem organização, onde predomina a confusão. Os disciplinados e bem humorados músicos a relacionaram ao mix que fazem na viagem musical percorrida em cada apresentação.
A Banda Casa da Mãe Joana é formada pelos músicos Gustavo Duarte (percurssão), Robson Mendes (Guitarra), Gláucio Seabra (baixo) e Elis Tavares (vocal). Isabel Faria integra a banda com a personagem Ritinha e é em torno dela que o show acontece. Imperdível!

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 5ª edição apresentou na noite de 28.07.2010 o tenor Samuel Lopes, acompanhado pela pianista Euridiana Silva. O repertório eclético preparado pelos artistas, com músicas desde o Século XVII até a atualidade, aliado à interpretação primorosa de Samuel Lopes, demonstração de técnica, emoção e lirismo, aguçaram a sensibilidade do púlico gerando no ambiente uma aura de harmonia e amor.  Os pais do tenor, sr. Joaquim e D. Lourdes, com olhos brilhantes, orgulhosamente assistiam a apresentação perfeita do filho.
Entre as músicas interpretadas, o tenor contou o início da carreira e confidenciou à plateia a admiração que sente pela solista do Coral Nossa Senhora da Piedade, Magda Mendes, e a forte influência que dela recebeu nas primeiras aulas de música coral que ela lhe ministrou, quando ingressou naquele grupo. Samuel falou do encantamento que sentia pela voz e técnicas vocais apresentadas a ele por ela. Dalva Frágula, regente do Coral N. Sa. da Piedade, foi altamente elogiada por ele pela técnica musical e pela dedicação ao Coral. Samuel Lopes, após falar da admiração que nutre por ela, nomeou-a "Embaixadora da Música", pelo comprometimento com a arte e pela dedicação ao Coral Nossa Senhora da Piedade.
A noite desta Quarta no Museu tornou-se especial. Metamorfoseou-se em pura magia, envolvendo todos os presentes. Resultado da majestosa apresentação do tenor Samuel Lopes e da pianista Euridiana.

Samuel Lopes é regente do Coral Bittencourt, por ele criado em 2002, sendo também o solista do grupo musical. Iniciou a carreira no Coral Nossa Senhora da Piedade em 2001. Participou também do Coral Arte Nossa, sendo ambos de Pará de Minas, cidade em que nasceu. Entusiasta, promove inúmeras apresentações divulgando o canto coral. Estudioso, desenvolve pesquisa sobre os autores e as músicas antigas da região Centro-Oeste de Minas Gerais. O talentoso tenor Samuel Lopes é graduando em Canto Lírico pela Universidade Federal de São João d'el Rei, onde também cursa Regência Coral e Educação Musical.
Euridiana Silva, natural de Divinópolis/MG, é bacharel em piano e mestre em estudo das práticas musicais pela Escola de Música da UFMG. É Educadora Musical no sistema de ensino Sesi/Fiemg em Divinópolis e Itaúna.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 4ª edição aconteceu em 23.06.2010 com a apresentação da Banda Uai Minas, grupo formado pelos jovens músicos Gustavo Silva, Robson Mendes, Gláucio Seabra e Caio Vaz. Eles uniram-se em janeiro deste ano, primeiramente com Robson, Gláucio e Gustavo. Posteriormente, Caio juntou-se a eles.
O grupo de músicos possui influências musicais semelhantes, um dos fatores agregadores dos talentosos jovens que já possuem diversificadas experiências musicais: Robson Mendes, guitarrista, é professor na Escola de Música Arte Nossa e participa de outros grupos musicais, como a Banda Casa da Mãe Joana e a Banda de Música do Caic, onde toca o Trompete, além dos trabalhos particulares; os irmãos Gláucio e Caio, baterista e baixista, respectivamente, atuam em grupos de jovens, movimento católico, e também integram a Banda de Música do Caic, Caio como trombonista e Gláucio como tubista; Gustavo, saxofonista, é professor da Escola Municipal de Música Geraldinho do Cavaquinho, participa da Banda de Música Lira Santa Cecília, como saxofonista, além de fazer trabalhos particulares.
A Banda Uai Minas, com amplo e diversificado repertório enfocando os clássicos da MPB, Jazz e Blues agradou a todos os gostos.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 3ª edição integrou a programação da 8ª Semana Nacional de Museus. Às 20h do dia 19.05.2010, houve a apresentação da Orquestra de Violões Anita Salles, regência de Júlio Saldanha, que também se apresentou com João Franco (voz e violão). Nem mesmo a intensa chuva que caiu, ocasionando transtornos, não afastou o educado público que foi prestigiar a apresentação musical. Após o conveniente intervalo, Júlio Saldanha pode prosseguir comandando a orquestra.

A Orquestra de Violões “Anita Salles” de Pará de Minas, primeira da região Centro-Oeste mineira, nasceu em 2003, contando na ocasião com onze membros fundadores. Desde então, foram várias apresentações em escolas, aniversários, saraus, lançamentos de livros, homenagens e serenatas com um repertório que varia música clássica, folclórica e popular.
Sempre com a preocupação de divulgar esta forma peculiar e coletiva de tocar violão, unindo gerações, a Orquestra criou projetos como o Ensaio Aberto na Praça, “Concertos Natalinos”, “Sexta em Serenata” e “Doe um violão e ganhe uma serenata”, este último com destaque na mídia nacional com reportagem vinculada ao MGTV, Bom dia Minas e Globo News da Rede Globo de televisão.
Reconhecida de utilidade pública municipal, a Orquestra de Violões  conta hoje com vinte e um membros de idades variadas divididos em três naipes de violão sob a regência de Júlio Saldanha.
João Franco e Júlio Saldanha criaram uma parceria há quase um ano. A primeira apresentação foi no próprio Museu, acompanhando o Coral Nossa Senhora da Piedade no lançamento do Hino do Sesquicentenário de Pará de Minas, composição de Júlio Saldanha e Dalva Frágula.
João Franco é uma referência no violão em Pará de Minas. Um dos principais violonista da cidade, participa sempre de grandes eventos, desde os tempos áureos da seresta em Pará de Minas.
Júlio Saldanha é cantor, compositor, escritor, pós-graduado em arteterapia e professor de violão. Idealizador da Orquestra de Violões “Anita Salles”, dedica-se à regência do grupo desde a sua fundação, há sete anos.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 2ª edição aconteceu em 14.04.2010 com o Grupo Brisa e Cia., formado pelas irmãs Sandra, Andréa, Derlane e Adriana Moreira, e Rodrigo Maciel (teclado e saxofone) e Glaucio (baixo). O vasto e eclético repertório que interpretaram agradou a todos que foram apreciar a beleza das vozes e interpretação do Grupo Brisa e Cia.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A 1ª edição aconteceu em 10.03.2010 com a apresentação musical do compositor e cantor Ronaldo Cartacho e os músicos Daniel, Fernando, Guilherme, Bernardo e Patrícia.
O artista convidado para estrear o Quarta no Museu é um confesso admirador da mulher e autor de várias músicas dedicadas à elas, que foram apresentadas nessa noite em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.
Um público atento prestigiou a promoção. A esposa e filhas dele, além das amigas que o inspiraram a compor estavam presentes e foram homenageadas por ele. As músicas que ele compôs para elas foram apresentadas, contagiando os presentes.  Os músicos Daniel, Fernando, Guilherme, Bernardo e Patrícia fizeram o acompanhamento impecável. Foram homenageadas: Maiza Lage, Secretária da Cultura de Pará de Minas;  Jeane Menezes; Sheila Cartacho, sua esposa; as filhas, Maria Clara, Maria Eduarda e Maria Fernanda; Maria Raimunda Lacerda, Maria do Carmo (Cal), Lourdes Lopes; e Ana Maria Campos, diretora do Museu.