Resultado dos trabalhos da ação educativa 2011

             A comissão de jurados, composta por representantes dos órgãos parceiros do Projeto Encantando-se com o Moleque Beijo - Benjamim de Oliveira, patrimônio de Pará de Minas, ação educativa implementada pelo Museu Histórico na rede escolar municipal, estadual e particular de Pará de Minas reuniu-se no dia 08 último para a seleção dos melhores trabalhos produzidos pelos alunos e professores durante o projeto iniciado em agosto último.
             Alaércio Antônio Delfino, representou a Secretaria Municipal de Cultura, Kênia Augusta Marques da Silva Almeida representou a Secretaria Municipal de Educação, Vânia Almeida a Superintendência Regional de Ensino, Pauliana Abreu as escolas particulares, e Suzana Franco dos Santos o Museu Histórico. Lóren Graziela Carneiro Lima, do setor Educativo do Museu, coordenou os trabalhos após serem abertos pela diretora Ana Maria Campos.
              Na Produção de Texto (prosa, poema, carta, notícia) a comissão avaliou: 1. Fidelidade ao tema; 2. Estrutura/sequência lógica; 3.Originalidade/criatividade; 4.Clareza. Foi o seguinte o resultado da Produção de Texto:
               1º lugar: Isadora das Graças Ferreira Leite, aluna do 4º ano do Colégio Passos, professora Dieila Soares Pena, com o poema Um Palhaço Mineiro (ver abaixo).
                2º lugar: Rafaela Vitória Vasconcelos Ferreira, aluna do 5º ano da E.E. Ângela Maria de Oliveira, professora Patrícia Aparecida da Conceição Honorato, com o poema O Artista Benjamim (veja abaixo).
                3º lugar: Mateus Vasconcelos Oliveira , aluno do 5º ano da E. E. Clóvis Salgado, professora Marilaine Lara, com o poema Benjamim de Oliveira, também reproduzido abaixo.
                O 4º lugar ficou com  Carina Almeida Dias, aluna do 4º ano da Escola Municipal Vicente de Paula Souza (Matinha), professora Patrícia Lopes, com a prosa O Palhaço Negro;  e o  5º lugar ficou com Taís Fernanda de Oliveira, aluna do 3° ano da Escola Municipal Conceição Maria Moreira (Limas), professora Elisângela Faria Moreira, com o poema Benjamim de Oliveira.
                Na Prática Pedagógica, a comissão avaliou: 1.Fidelidade ao tema; 2.Ações coerentes com o objeto de estudo do projeto do professor; 3.Interdisciplinaridade/multidisciplinaridade; 4.Clareza conceitual do projeto do professor; 5.Organização do relato; 6.Ações envolvendo a comunidade local; 7.Resultados alcançados; 8.Originalidade e criatividade. O resultado da Prática Pedagógica foi:
                1º lugar: professora Sandra Aparecida de Oliveira, do 2° Período da Escola Estação do Saber;
                2º lugar: Denise Batista Lemos, professora do 1° ano do Colégio Passos;
                3º lugar: Flávia Cristina Lopes Ferreira, professora, da Educação Infantil do Colégio Passos.
               A entrega dos certificados aconteceu dia 25 de novembro, às 14h30min, na Câmara Municipal, localizada na Praça Torquato de Almeida, Nº 100, devido à reforma no prédio do Museu ainda não estar concluída. Os primeiros classificados foram premiados com uma  viagem cultural ao Memorial Minas Gerais, dia 29 do mesmo mês, visita que proporcionou mais conhecimentos aos alunos e professores contemplados. "O Memorial Minas Gerais traz a alma e as tradições de Minas, contadas de forma interativa e contemporânea. Cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam o público do século XVII ao século XXI. O patrimônio cultural e histórico é transformado em experiências e emoções para o visitante."
               Os trabalhos dos alunos e professores, produzidos durante o desenvolvimento da ação educativa, estarão expostos na Casa da Cultura, de 25 de novembro a 16 de dezembro, de 7 às 17 horas.
               Os objetivos previstos pelo Muspam com o projeto foram amplamente alcançados:
- Tornar acessível aos professores da rede escolar de Pará de Minas a trajetória de Benjamim de Oliveira, sujeito histórico que esteve à frente de seu tempo, destacando-se como grande artista negro brasileiro no final da escravidão no país, constituindo-se Patrimônio de Pará de Minas.
 - Consolidar a parceria do Museu Histórico de Pará de Minas com a Rede Escolar do Município, proporcionando ações que possam contribuir com a instrumentalização dos professores na realização da Educação Patrimonial.
- Instrumentalizar professores para que possam trabalhar a história do circo nas salas de aula com maior embasamento teórico.
- Proporcionar aos professores informações sobre Benjamim de Oliveira oriundas da pesquisadora Ermínia Silva, doutora em História.
- Contribuir para o cumprimento da Lei Federal N° 10.639/2003 criando possibilidades para a construção de uma identidade negra positiva.
- Atentar para a valorização do resgate da história das comunidades rurais do Município, tendo como ponto de partida o povoado dos Guardas, local onde nasceu Benjamim de Oliveira.
- Trabalhar o circo na perspectiva da diversidade, como um lugar que aceita todas as diferenças, possibilitando aos professores abordar a diversidade a partir do circo.
 
 
 
 
 
 
 
                                                         ***********************
 
                                                Textos vencedores
 

                                                Um Palhaço Mineiro
                                                1º Lugar 
                                                Aluna: Isadora das Graças Ferreira Leite, 4º ano.
                                                Professora: Dieila Soares Pena
                                                Escola: Colégio Passos
 
 
Nascia nas terras de Minas, Benjamim de Oliveira
Que sua história escreveria
Nas montanhas de uma cidade mineira.

Viveu por esse mundo afora criando sua história
Subindo pela 1ª vez ao picadeiro
Substituindo um palhaço ligeiro.

Queria ser engraçado, mas ninguém riu
Acharam-lhe sem graça
Mas mesmo assim insistiu

Desistir não era o caminho
E com seu jeito mineirinho
Até Floriano Peixoto por ele teve carinho.

Foi palhaço, músico, ator e escritor
Mas foi fazendo graça que se afirmou
E no mundo do circo ficou.

Orgulho de nós Patafufos, conhecido pelo mundo inteiro
Lembrado e homenageado
Num samba no Rio de Janeiro.

Foi rei dos palhaços e alegria não podia faltar
Mesmo na velhice não deixou de encantar
Até que um dia a morte o veio levar!

      ***********************

                                               O Artista Benjamim
                                               2º Lugar 
                                               Aluna: Rafaela Vitória Vasconcelos Ferreira, 5º ano
                                               Professora: Patrícia Aparecida da Conceição Honorato
                                               Escola: E.E. Ângela Maria de Oliveira
 
 
 Filho de escravos sofridos,
No nosso município nasceu,
Guardas foi o lugar
Onde o Moleque Beijo viveu.

Em busca do seu sonho,
Aos doze anos partiu,
Sotero foi o circo,
Com quem ele fugiu.

Montador do circo, cuidador de animais,
Os primeiros trabalhos que exerceu,
Aos poucos foi progredindo,
E na arte circense venceu.

Com muito ideal conseguiu,
Seu sonho de criança realizar,
Beijo, primeiro palhaço negro,
Que fez o Brasil gargalhar.

Tornou-se palhaço famoso
Na sua arte foi perfeito,
Superou a pobreza e as dificuldades,
Desafiou e venceu preconceitos.

Durante sua vida,
Sua Terra Natal não o reconheceu,
Mas hoje em nossas escolas,
Benjamim de Oliveira renasceu...

***************************

                                               Benjamim de Oliveira
                                               3º Lugar 
                                               Aluno: Mateus Vasconcelos Oliveira, 5º ano 
                                               Professora: Marilaine Lara
                                               Escola: E.E. Clóvis Salgado
 
 
Benjamim palhaço sorridente
Que alegra muita gente
Paraminense de encantos mil
Que alegra nosso Brasil.

Benjamim palhaço corajoso
Por isso ficou famoso

Talento não lhe faltou
Palhaço, escritor, músico e ator
E como principal nome do circo brasileiro
Benjamim de Oliveira se consagrou.

Ainda hoje é lembrado
Conhecido no mundo inteiro
Benjamim é um orgulho paraminense
E também de todo povo brasileiro.

***********************************
 
                                                 Práticas Pedagógicas Vencedoras
 
1º Lugar: Professora Sandra Aparecida de Oliveira, do 2º Período Educação Infantil, da Escola Estação do Saber.
Título da Prática: Ninguém é Igual a Ninguém...
Objetivo: Despertar o interesse pela história de Benjamim de Oliveira, o primeiro palhaço negro do Brasil, promovendo assim, o respeito à diversidade cultural e étnica e a valorização das diferenças.

2º Lugar: Professora Denise Batista Lemos, do 1º Ano do Ensino Fundamental, do Colégio Passos. 
Título da Prática: Um dia de BENjamim
Objetivos: -Valorizar a figura de Benjamim de Oliveira como patrimônio cultural e seu importante papel social como divulgador da arte circense.
- Levar os alunos a vivenciarem a experiência de serem "artistas", na figura de um palhaço.
- Promover a divulgação da arte cênica bem como seu papel socializador.
 
3º Lugar: Professora Flávia Cristina Lopes Ferreira, do Maternal III, do Colégio Passos.
Título da Prática: Um dia de Circo na Escola
Objetivos: Desenvolver a criatividade a partir do universo do palhaço, buscando resgatar valores humanos como: alegria, cooperação, amizade e criatividade.
-Estimular a parceria entre família e escola.
-Promover uma sensibilização através da história de Benjamim.
 
****************************************
 
 
                                                                             
                                                 
                                                                Comissão de jurados selecionando os melhores trabalhos.
 
                     
                                                        
                                                                                                                                                                                     Em 15.11.2011.