O sino da antiga Cadeia de Pará de Minas

 

Os Museus Históricos nos convidam a fazer uma viagem no tempo.

Uma das exposições permanentes que se encontra no Muspam, possui duas peças que abordam um item bem interessante: o sino da antiga cadeia de Pará de Minas, datado do século XIX.

A primeira peça é uma pintura que retrata a antiga cadeia, mostrando a localização do sino; a outra, é o sino de bronze que lá ficava. Existem curiosidades e fatos sobre esses itens a serem contados. 

A antiga cadeia de Pará de Minas era localizada no mesmo local em que se encontra a Delegacia de Polícia atual, na Praça Afonso Pena, ao lado do Fórum, porém, ficava mais afastada do passeio, bem nos fundos do terreno.

O sino ficava à direita da fachada principal do prédio. Ele era tocado sempre como aviso de algum sinistro. Serviu também para informar à comunidade da então Vila do Pará a chegada do Correio, como consta na ata da Câmara de Vereadores de 27 de julho de 1860. Nessa sessão, foi aprovada a sugestão do vereador Teixeira (Manoel Teixeira Duarte) de ser três badaladas do sino da Cadeia a maneira de informar à população a chegada do estafeta (portador de despachos, encomendas, cartas, que faz a entrega a cavalo; funcionário de empresa postal,encarregado de distribuir a correspondência; carteiro). O presidente da sessão, vereador Firmiano Ribeiro (Fidélis Evaristo Firmiano Ribeiro),propôs que além das três badaladas, houvessem mais alguns “doble”. Sugestão também aprovada!

Com a construção do novo prédio da Cadeia em 1968, no mesmo local, o sino foi transferido para a Cidade Ozanan e, em novembro de 2010 foi doado para o Museu.

Descubra você também uma particularidade da história da sua cidade.

Confira as peças nas fotos abaixo:

 

Pintura/Antiga Cadeia. Óleo s/tela. À direita da tela, vê-se o sino.
Autor: Salete Aparecida da Silveira Almeida
Época: 1984
Doação: Campanha ASPAC

 Detalhe da tela, enfocando a localização do sino.

Sino em bronze da antiga Cadeia de Pará de Minas. Alt. 45cm; diâmetro 40cm.
Época: Século XIX .  Doação: Diretoria da Cidade Ozanan, na presidência de David Severino dos Santos.

                                                                                                                                                                                                                                             

O suporte de madeira para o sino da antiga Cadeia de Pará de Minas doi doado pelo artista plástico Geraldo Lacerdini, que o criou para a exposição Vila dos Sinos, na Casa da Cultura, em setembro de 2019.

Parte da ata da reunião de vereadores, sessão de 27 de julho de 1960. Pág.69v do 1º Livro Ata da Câmara de Vereadores da Vila do Pará.


PS: Siga o Museu Histórico de Pará de Minas no Instagram: @museuparademinas 


Postado em 24.11.2020.