Guardas de Congo no Museu

Presidentes das Guardas de Congo de Pará de Minas reuniram-se com Ana Maria Campos, gerente do Museu, no dia 29 de janeiro último, para agendamento da apresentação dos grupos que representam nas dependências da Casa da Memória Municipal.

Participaram desse encontro José Faustino dos Santos Filho (Guarda de Congo Sagrada Família de N. S.ª do Rosário), José Leandro (Guarda de Congo Marinheiro Nossa Senhora do Rosário de Santo Antônio do Paiol), Wallace de Souza (Capitão da Irmandade de Nossa S.ª do Rosário – Os Nonatos), Amaral Antônio Rezende (Guarda de Congo de N. S.ª do Rosário Marinheiro de Santa Clara), e Marta Auxiliadora dos Santos (Guarda de Congo Mirim de Santa Efigênia e São Benedito). Novamente, todos os presidentes prontificaram-se em participar conosco no Quinta no Museu, agendado para 16 de agosto. As Guardas de Congo foram registradas pelo Município como Bem Imaterial pelo Decreto Nº 6.200, de 09 de novembro de 2.010. Pará de Minas preserva suas raízes culturais.

 



Postado em 01.03.2018.