Alegria e emoção na posse dos novos membros da Academia de Letras de Pará de Minas

            O clima de alegria e emoção foi a tônica na posse das novas acadêmicas da Academia de Letras de Pará de Minas - ALPM, Angela Leite Xavier, Maria de Fátima Moreira Peres e Renata Teixeira Silva, na noite do último 05 de novembro no Muspam.

Após o Hino Nacional e o Hino de Pará de Minas, apresentados pelo músico Fernando Stringheta, os trabalhos foram iniciados com o discurso de José Roberto Pereira, presidente da ALPM.
           A primeira escritora a ser diplomada foi Angela Leite Xavier, cuja apresentação foi feita pela acadêmica Malluh Praxedes. Angela foi conduzida ao recinto pelo acadêmico Joandre Oliveira Melo e após o ritual de posse da cadeira nº 1, patrono Robson Correia de Almeida, discursou. O estilo literário de Angela pode ser apreciado pelo público com a leitura que a contadora de histórias Marcilene Tavares fez de um dos textos da nova acadêmica.
          Maria de Fátima Moreira Peres foi a próxima escritora a ser empossada, sendo conduzida pelo acadêmico Ailton José Ferreira, após a apresentação do acadêmico Valmir José. Maria de Fátima assumiu a cadeira nº 15, patrono Vinícius de Moraes. Após o discurso dela, Nadir Lino fez a leitura de um texto da empossada.
          A cadeira nº 3, patrono Pedro Salles, foi ocupada por Renata Teixeira Silva, conduzida para a posse pelo acadêmico Geraldo Fonte Boa, logo após a apresentação dela feita pela acadêmica Lígia Muniz. A leitura de um texto da empossada, após o discurso dela, foi feito por Romana Campos.
As novas acadêmicas tornaram-se imortais por meio das cadeiras que passaram a ocupar na Academia de Letras de Pará de Minas e pela literatura por elas criadas. As novas integrantes da ALPM somam-se aos demais no compromisso de contribuir com a arte e a cultura de Pará de Minas, divulgando a literatura e incentivando a leitura e a escrita. A cultura literária de Pará de Minas está em festa!


Postado em 09.11.2016.