Obras de melhoria no Muspam

               Maior acessibilidade ao prédio, universalização de público, ampliação do papel social, aumento do fluxo de visitantes, instalação de banheiros  adequados aos portadores de necessidades especiais e dinamização do espaço da área de atividades, possibilitando múltiplas ações culturais. É o que está  previsto no projeto de melhoria da infraestrutura do Museu Histórico de Pará de Minas (Muspam).
              A segunda e última etapa das obras foi iniciada em 15 de abril último. Os recursos são provenientes do Fundo Estadual de Cultura - FEC com uma contra-partida da Prefeitura. Serão investidos na segunda etapa R$ 80 mil, mais R$ 36.352,10 de contra-partida do Município, o que totaliza R$116.352,10. O projeto prevê a mudança da entrada principal do prédio pela área de atividades, adequando e adaptando a rampa e a porta de acesso aos portadores de necessidades especiais. Haverá ainda a reforma da área de atividades, a colocação de piso novo e painéis móveis nas laterais, possibilitando o fechamento em dias de chuva, frio e luminosidade excessiva. Banheiros adaptados aos portadores de necessidades especiais e idosos serão construídos, além de readequadas e ampliadas as salas das reservas técnicas, da sala do almoxarifado e sala de conservação. A copa também será readequada, o que permitirá o ganho de mais uma sala para a administração. O projeto foi pensado para tornar o prédio acessível a todo público. Com maior espaço na reserva técnica, ocorrerá o melhor acondicionamento e organização do acervo. A memória e o patrimônio cultural do Município serão mais valorizados e realçados em virtude da melhoria da infraestrutura que os abriga. Está previsto no projeto quatro meses para a obra ser concluída, de acordo com o cronograma de serviços.
             A primeira etapa das obras foi concluída em fevereiro de 2012 e foi realizada com recursos do Fundo Municipal de Cultura, no valor de R$42.470,33, mais a contra-partida da Prefeitura, de R$49.070,33, totalizando um investimento inicial de R$91.540,66. Foi feita a readequação do projeto elétrico, instalação da iluminação de trilho, instalação de uma porta de vidro na recepção e de duas vitrines de vidro na parede, reforma do telhado e ainda a troca dos forros de palha e madeira.
            O Muspam está fechado para o público há dois anos para reforma. O atraso na conclusão das obras foi motivado pelo não comparecimento de empresas nas licitações da obra e atrasos burocráticos para a contratação da arquiteta. Somente na terceira concorrência, realizada em 24 de setembro de 2012, concretizou-se o processo licitatório com a empresa habilitada. O contrato com a empresa vencedora na licitação foi assinado em 08 de outubro de 2012. Vale ressaltar que, no período de dois anos fechado para exposições, o trabalho do Museu não parou. Além de intensificar o serviço interno e atender aos pesquisadores, o Muspam foi ao encontro do público com os projetos de ação educativa  'O Museu visita a  sua Escola' , 'Palhaço Benjamim de Oliveira - Patrimônio de Pará de Minas', e a ação 'Coleções e Memória'.