Museu Histórico de Pará de Minas

Disponível na web o livro Circo-teatro: Benjamim de Oliveira e a teatralidade circense no Brasil

O livro Circo-teatro: Benjamim de Oliveira e a teatralidade circense no Brasil, de Ermínia Silva, lançado em 2007 e já com edição esgotada, está disponível online para download na página da Funarte, através das Edições Funarte que disponibilizou o acesso à importante obra. O livro relata a história do circo e a de Benjamim de Oliveira, filho de escravos, nascido na Fazenda dos Guardas, em Pará de Minas. A trajetória do moleque Beijo, apelido de Benjamim, desde a fuga com o Circo Sotero até o estrelato, permeia todo o texto envolvendo o leitor. Para baixar a obra basta clicar em http://www.funarte.gov.br/edicoes-on-line/ e procurar o título do livro entre as edições lá disponíveis. 

Fonte: www.circonteudo.com.br

Seresta no Projeto Quarta no Museu

 

             "A música é celeste, de natureza divina e de tal beleza, que encanta a alma e a eleva acima da sua condição." (Aristóteles)

 

 

Museu de Pará de Minas no II Seminário de Ações Educativas em Museus

O Museu Histórico de Pará de Minas, através da funcionária Lóren Graziela Carneiro Lima, responsável pelo Setor Educativo da entidade cultural, participou do II Seminário de Ações Educativas em Museus, realizado no Museu Histórico Abílio Barreto, em Belo Horizonte, nos dias 27 e 28 de setembro.

Profissionais renomados da área estavam presentes no Seminário. Dentro do tema Ações Educativas em Debate, assuntos importantes foram abordados: Curadoria Educativa, Princípios Norteadores de Ações Educativas, Arte e Educação. As palestras foram ministradas por Valquíria Prates, Curadora Educativa das Exposições de Sophie Calle no Brasil, e Renata Bittencourt, Gerente do Núcleo de Educação Cultural do Itaú Cultural. Os debates foram coordenados por Célia Corsino, Coordenadora de Museologia do Museu de Artes e Ofícios, e Francisco Magalhães, Diretor do Museu Mineiro.

Representantes dos setores educativos de diferentes museus, como Inhotim, Map, MHNJB-UFMG, Museu de Ciências Naturais - PUC Minas, Museu de Artes e Ofícios, participaram de uma Mesa Redonda proporcionando aos ouvintes relatos de experiências positivas de ações educativas. Ao final do seminário a arte-educadora do Museu dos Brinquedos, Dirlaine Mary da Silva Costa, promoveu uma brincadeira e cantigas de roda.

O Setor Educativo nos Museus tem sido evidenciado e discutido, pois, através dele ocorre a democratização da cultura. Os participantes atualizados com os conhecimentos adquiridos nesse encontro, poderão contribuir muito mais na melhoria dos trabalhos dos museus que representaram no Seminário.

Veja as fotos da representante do Museu Histórico de Pará de Minas apresentando o relato do trabalho de seu grupo e com alguns dos colegas do Seminário.

 

Esq/dir: Gustavo (Biólogo da Funed-Fundação Ezequiel Dias), Fernanda Camas(Designer Gráfica da Superintendência de Museus), Kalinka Brant(Estagiária da Superintendência de Museus), Lóren Carneiro Lima (Coordenadora do Setor Educativo do Muspam), Ana Cristina Sanches (Coordenadora do Setor Educativo do Museu de Ciências Naturais da Puc), Hamilton Quaresma (Estagiário do MHAB).

Provisão da Capela do Patafufo

                             Documento reproduzido com a grafia original.

Provm a favor dos moradores do Patafufu(sic) para eregirem uma capela.

Aos 2 de julho de 1772 se regou [Registrou] uma Provm [Provisão], passada a favor dos moradores do Patafufu da Frega [Freguesia] do  Pitangui do teor sege [seguinte] = O D.or Frnco [Francisco]// X.er [Xavier] da Rua, Protonotasio Apostólico de S. Santide, comisario da bu//la da Cruzada, Gor interino deste Bpdo de Alma, e nele P.ovita, e vi//gro [vigário] g.rl [geral] pelo Exmo e Rmo Snr. D. Joaqm Borges de Figueiroa, por// Divina provida [providade] Bispo do mesmo Bpdo [bispado] e do concelho de sua Mage // F. Vra Ato dos os fieis cristãos saude, e pas para sempre em // Jezus (sic) Xyso [Cristo] nosso Senhor que d tods é verdadeo [verdadeiro] remedio, lus, e sal//vasam. Faso saber, que atendendo ao que por sua p.am [petição] me en//viaram a dizer os moradores do Patafufu, da Frega da Pitangui,// ei por bem conceder-lhes licensa pela Pretta Provm para que po//sam eregir uma Capela, com orago que pretenderem, em o citio // que lhes asinar o R. Pe. João Pimenta da Costa, a quem dou co//misam, com a clausula de fazerem termo de sugr na camera// Ep.al [Episcopal], com o qal se sgeitavam a Jurisdisam de sua Exa, e de seos // sucessores; a qal será fabricada de matérias perduráveis, com boa // proporsam, e arquitetura;  e depois de feita, e de certam.te para//mentada com os ornamentos das quatro cores, que mandam as rubri//cãs do misal, e de que usa a Igreja, e mas ousas necesarias e fei//to patrimonio suficiente, recoreram para amdar o vizitar, e // benzer, na forma do Ritual Romano, e nela se poderá sele//brar sem prejuízo dos Direitos Parochiais, e Crus da fabrica da// Matris; e havera um livro em que estaram encadernados //{pág. 7} todos os documentos pertencentes a mesma capela e sera regd.a [registrada] no la//do Rego [Registro] Gral [Geral]. Dada, e selada nessa cidade de Mria [Mariana], sob o meu sinal e selo des//sa forma de S. Exma. Rma ao Primeiro de Julho de 1772. Eu o Pe.  Ina//cio Lopes da Sa [Silva] Escrivam Ajude [Ajudante] da Camara Epal [Episcopal] que a subscrevi.

 

Fonte: Livro de Provisões do Arquivo da Arquidiocese de Mariana, período de 21-05-1772 a 05-10-1772, Folha 6v. e 7.

 

Joomla extensions by Siteground Hosting